sexta-feira, 25 de setembro de 2020

GIFT GUIDE || 8 Ideias Para Care Packages


Adoro care packages. Acho que representam, na perfeição, o simbolismo do “lembrei-me de ti”. Selecionar uma série de artigos cheios de identidade ou do interesse do destinatário para nos aproximarmos, para nos fazermos sentir perto, não importa os km. Dei por mim, neste ano de distanciamento em que ficámos mais isolados, a preparar algumas e a sentir que são uma boa forma de quebrar as barreiras que se têm imposto neste contexto. Achei interessante partilhar algumas das minhas ideias convosco. Para um aniversário, uma ocasião especial, para dizer "tenho saudades tuas" ou para o Natal (porque não? Não se distraiam, ele está aí à porta!), ficam aqui as sugestões de elementos que podem adicionar! 

Flores 
São várias as floristas que se têm adaptado aos desafios da atualidade e inovado nas suas ofertas, incluindo os serviços de entrega de flores, que são cada vez mais variados. Há clichés que valem a pena e as flores são um miminho memorável. Seja para assinalar um aniversário ou uma data especial, para celebrar uma vitória, para desejar as melhoras ou para dizer “amo-te” através das suas flores prediletas, há ocasiões e mensagens para todos os arranjos (e carteiras)! Vale a pena pesquisarem na cidade do destinatário quais são as opções de serviços de entrega. Simples mas intemporal. 

Netflix & Chill 
Para os amantes do cinema e das séries. Se o conselho é ficarmos mais tempo em casa, então que seja a consumir bons conteúdos. Um cartão da Netflix/HBO/Disney+ com uma lista de sugestões de filmes e séries que assistiram e recomendam, ou que sabem que o vosso destinatário vai adorar. A desculpa perfeita para se comunicarem e partilharem as vossas considerações. E porque não adicionar pacotes de pipocas à caixa? O toque final!

Código de uma playlist do Spotify 
Um pormenor simples, mas é nos pormenores que o encanto vive e surge; longe vão os tempos das playlists feitas em cassete ou disco, com músicas pensadas e adicionadas ao detalhe para a pessoa que estimamos. Mas o gesto não tem de morrer, só precisa de ser adaptado. Porque não criar uma lista no Spotify com todas as músicas que querem dedicar e imprimir o código de reprodução? Podem até colar no final de um postal personalizado. Um detalhe que qualquer amante de música — e de gestos bonitos — vai valorizar! 

Fotografias 
Quando as saudades apertam, observamos as nossas memórias com outros olhos. Não há sorriso que se compare aquele que esboçamos ao olhar para uma fotografia que preserva um momento único, uma amiga especial, o nosso parceiro, a nossa família. Diz tudo sobre as pessoas que amamos. São gestos simples mas que estreitam os nossos laços. Seja numa pequena polaroid ou emoldurada a rigor, é uma forma de estar perto. 

Paper lovers
Para os amantes de artigos de papelaria, entre jornals, bujos e diários. Uma combinação de washi tapes, as vossas esferográficas prediletas, postais e stickers. O paraíso de quem adora stationary.

Spa em casa
Oferecer tempo de qualidade às pessoas que estimamos e converter as suas casas num spa. Através de máscaras, cremes, sais de banho, saquetas de chá ou até acessórios (uma fita para colocar no cabelo enquanto faz limpeza de rosto, por exemplo)! Uma caixa de cuidados cuja mensagem é clara: gosto e quero que cuides de ti e tenhas me time de qualidade. 

Histórias
Sou defensora de que apenas devemos oferecer livros a quem conhecemos muito bem e sabemos que aquelas histórias farão sentido. E nada me parece mais incrível do que partilhar um livro com alguém através da caixa de correio. Seja o último título que leram (e recomendam), ou um livro que querem sugerir para lerem ao mesmo tempo e comentarem ou até uma edição bonita do seu livro predileto. Num momento de tanto caos, nada é mais amoroso do que oferecer histórias e novos mundos para nos refugiarmos um pouco da realidade. 

Snacks 
Um clássico sem opções de falhar. Dizemos muita coisa pela comida que oferecemos e, desde que não seja perecível, é um miminho infalível. Seja o snack preferido, o doce predileto, o chocolate de sempre ou uma iguaria que vos transporta para um momento partilhado por ambos, será sempre bem vindo.

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

PASSAPORTE || Satsanga Spa Vila Galé - Sintra


Relaxar e cuidarmos de nós. É tudo o que podemos desejar num dia de spa onde somos mimados e onde todos os luxos são possíveis — incluindo o de parar o tempo. Voltámos a confiar no Vila Galé para nos proporcionar esta experiência, desta vez em Sintra. 

Foi também a minha primeira experiência de massagem, onde pude localizar que regiões do meu corpo queria mais atenção (e quais preferia evitar) e a intensidade da massagem. Num ambiente tranquilo e com os máximos cuidados de higiene e segurança, tive direito a uma massagem relaxante, seguido de um momento de descanso numa sala de chás, onde pudemos degustar em chávenas aquecidas e aproveitar a sensação revigorada com que saímos das macas de massagem (foi conjunta, em casal). 

Embora o jacuzzi, banho turco e outros aparelhos de hidroterapia não estejam, de momento, disponíveis (por indicação da DGS), temos direito ao circuito de águas com piscina interior aquecida. Talvez pela escolha perfeita da data, não dividimos o espaço com ninguém e pudemos desfrutar desta deliciosa piscina e da vista arrebatadora a dois (e só a dois), com tempo para nadar e relaxar a ler um livro na espreguiçadeira. 

Cada vez mais acho que um dos melhores presentes é oferecer tempo e momentos de felicidade e tranquilidade. Foi a minha segunda vez a dar um carimbo de qualidade ao serviço de hidroterapia do Vila Galé — e a primeira a aprovar a experiência de massagem — e não podia recomendar mais se estão a precisar de um momento para se mimarem.

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

LIVROS || Normal People


Cedi à curiosidade em torno da popularidade de Normal People e debrucei-me sobre o livro sem grandes informações sobre a história, mas rapidamente ficamos entrosados. Normal People conta a história de Marianne e Connell, um casal adolescente que vamos acompanhando à medida que crescem.

Numa narrativa muito linear e sóbria, Normal People é um reflexo de tudo o que fica comprometido na ausência de comunicação. Talvez esta tenha sido a principal razão para não me ter identificado com nenhuma das personagens. Embora tenha sentido empatia por elas, não me identifiquei com a abordagem nem com a filosofia dos protagonistas, pelo que me senti, em muitos momentos do livro, desconectada com a história — frustrada, muitas vezes. 

Não sendo uma leitura que me tenha arrebatado ou emocionado, acredito que Normal People seja o espelho de muitas das relações atuais e reconheço a pertinência de alguns dos temas que aborda — alguns de forma mais subtil que outros. Mono-parentalidade, violência doméstica e verbal, doenças mentais, a anulação da nossa identidade para nos darmos por inteiro (e por amor) a outra pessoa são alguns dos assuntos que, entre peripécias de adolescentes, discussões com mensagens nas entrelinhas e ditos-não-ditos, vão surgindo ao longo dos capítulos. 

É interessante que consigamos testemunhar os pensamentos das personagens e, ao mesmo tempo, observar os diálogos e entender a profundidade de sensações, emoções, traumas e vontades que são escondidos na superfície de uma conversa. Uma leitura de (fim de) verão para quem não quer histórias “água com açúcar”.

WOOK

Bertrand
Livro | E-Book

Este artigo contém links de afiliados.

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

APP || O que Assistir no Disney+


Para alegria dos miúdos e graúdos — mas todos sabemos que, principalmente, são os graúdos — o Disney+ chegou a Portugal para trazer de volta o encanto dos filmes e desenhos animados que marcaram gerações. Um serviço de streaming em tudo semelhante aos já existentes no mercado que, além dos clássicos da Disney, conta ainda com Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic. Penso que não será surpresa para ninguém que subscrevi o Disney+ assim que pude e iniciei, de imediato, os meus planos sobre o que iria assistir primeiro! Decidi partilhar convosco na esperança de guiar alguém que ainda possa estar a tentar avaliar se os conteúdos podem (ou não) valer a pena. 

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

DE(CORAÇÃO) || Oxalá


O paraíso dos amantes de artesanato e de cor. No Oxalá, tudo é rústico, pintado à mão e cheio de bom gosto. Temos vontade de ter dezenas de casas diferentes, só para explorarmos todas as correntes decorativas que a loja oferece. 

Com espaço físico em Évora, vão encontrar artigos de papelaria, artesanato, higiene e beleza e cerâmica de fazer os olhos brilhar. Desde as loiças aos jarros — oh, os jarros! — o Oxalá orgulha-se de dar espaço às tantas marcas portuguesas que apoia ao abrigá-las num espaço tão bem decorado. 

A vontade é de levar tudo mas sinto que a experiência foi mais de enriquecimento e (re)conhecimento de projetos nacionais. Fico de olho numas coisinhas amorosas e com a certeza de que quero regressar aqui.

domingo, 13 de setembro de 2020

PASSAPORTE || Sé de Évora


A minha incerteza se já tinha estado neste monumento ou não foi decisiva para programarmos uma visita. Terminada em 1250, a Sé de Évora é considerada a maior catedral medieval de Portugal. 

Também conhecida como Basílica Sé de Nossa Senhora da Assunção, a sua construção é inteiramente a granito e imperam os estilos romântico e gótico. No entanto, a Sé foi sofrendo intervenções ao longo dos séculos e dos reinados, abrigando outros estilos e correntes, desde o barroco ao manuelino. 

A sua imponência é inegável e as três naves comprovam-no. Observamos cada detalhe com encanto pela mestria e magnitude. No entanto, os meus espaços preferidos estavam reservados ao exterior: refiro-me ao claustro e ao terraço. 

Como fiel amante de claustros, este cumpriu a sua função de me arrebatar. Gótico e verdejante, é o lugar de descanso do Bispo D. Pedro, fundador da capela funerária da Sé. Um espaço de luz e cor. 

O terraço é o grande protagonista desta visita, guardando a mais preciosa vista para Évora. As torres remetem-me para o mundo mágico de Hogwarts, o que dá um charme extra ao local. Deixo como última sugestão fazerem a visita ao terraço próximo do tocar dos sinos, para uma experiência mais musical! 
Os bilhetes vão dos 2,50€ aos 3,50€ e há descontos para estudantes, mediante apresentação de comprovativo.

sábado, 12 de setembro de 2020

BOM GARFO || Fábrica dos Gelados

 ÉVORA

Uma tarde de verão em Évora só pode pedir um lanche possível: um belo gelado à sombra. E depois de seguirmos o rasto de tantos gelados apetitosos, encontrámos a Fábrica dos Gelados. 

Se gostam de gelados artesanais, esta é uma sugestão que vos vai deixar de barriga feliz. A montra não é muito extensa e os sabores estão sempre a variar, mas entre as opções mais seguras — baunilha, morango e chocolate — há opções mais contemporâneas, como o Kinder, arroz doce, Oreo ou limão e gengibre. 

Eu escolhi um cone de chocolate com uma bola de Kinder e ele escolheu um cone grande com manga, cheesecake e Oreo. Todos os sabores são ricos, cremosos e estão aprovadíssimos. Tomem nota!
______________________________
Alcarcova de Baixo, 29, 7000-841
Évora
Contacto: 961 433 121

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

FRIENDS || Bis bald, Matos!


A felicidade só é bonita, só é profunda, quando a partilhamos. E isso inclui a alegria de voar, de dar asas para novos lugares, projetos e casas. Para os nossos sonhos. Admito que, por muito que seja tentador ter alojamento gratuito, eu nunca adorei a ideia de ver amigos emigrados. O meu lado egoísta — mas com a promessa de que tem um bom fundo — não suporta a ideia de não ter as pessoas que estimo por perto (mesmo estando eu tão habituada a amar à distância). 

Chegou o dia em que a minha Matos — a minha doce Matos — decidiu voar. Rumo aos seus sonhos, desejos e ambições. E por mais que esconda as lágrimas de saudade — que já sinto sem ela ter partido — não consigo esconder, isso sim, o imenso orgulho que tenho nela. De ir atrás, de tentar, de experimentar, de arriscar. De ir onde realmente lhe apetece ir. É uma alegria imensa saber que ela vai para ser feliz — e, assim, eu sou feliz por ela. 

Sei que na sua bagagem leva mais do que um estetoscópio e uma bata branca; leva a sua doçura e sensibilidade, a grande Humanidade que tem dentro de si e o seu mundo que tão simpaticamente está sempre de portas abertas para nós. A medicina é que tem sorte de a ter e nunca será o contrário.

Resta-me abraçar, saudar, olhar para o calendário e pensar que o regresso será breve. Planear um #Berlim2021, se o covid assim o quiser. E torcer. Torcer por ela, pela sua nova casa, rotina, língua e realidade. Sem nunca duvidar que ela vai conseguir e que terá sempre um Quarteto Fantástico para aparar os golpes. 

Bis bald, coração. Voa, andorinha bonita.

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

ISTO É TÃO INÊS || Medo


Foram muitas as vezes que imaginei, sonhei e idealizei como seria este tão aguardado dia, que demorou anos, portas fechadas na cara, janelas fechadas na cara, silêncios e muito trabalho a chegar. Mas em todos os cenários que idealizava na minha cabeça, nenhum espelhava a reação principal que tenho sentido nos últimos dias: medo. 

É muito difícil reconhecer que mudámos. Que já não queremos certas coisas que queríamos, que já não temos os mesmos sonhos, que já não nos entusiasmamos a fazer aquilo que achávamos que faríamos toda a vida como se fosse um conto de fadas. E admiti-lo em voz alta exige um grande auto-conhecimento e coragem que não escondo na modéstia. É difícil admitir, é difícil responder às perguntas que se seguem, é difícil lidar com a culpa. Mas é muito mais difícil negar que o nosso caminho é outro. 

E quando ele finalmente se apresentou diante de mim, senti um enorme medo de me desiludir. De me sentir atraiçoada por mim própria. De me deparar com a realidade que é voltar à estaca zero e reencontrar-me de novo. De ter de voltar a viver o processo de verbalizar. Confesso que isso é o que mais me tem impedido de passar os dias aos pulos e em lágrimas de felicidade. Sinto-me cautelosa e observadora, pronta para enfrentar uma realidade que pode ser muito amarga. 

É a minha ansiedade a falar mas é também o desconhecido. É a impaciência de saber o que está por detrás da cortina mas a certeza de que, seja o que for, nunca me irá faltar dedicação e coragem. Eu já fui extraordinariamente competente a fazer milhares de coisas que não me faziam sentir felicidade ou paixão. Está na hora de tentar ser extraordinariamente competente em algo que pode fazer-me feliz. Devo-me isso.

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

DE(CORAÇÃO) || Gente da Minha Terra


Sempre que me deparo com uma loja amorosa, tenho o hábito de pensar “se vivesse cá, era aqui que faria as minhas compras de Natal”. Aquela sensação de que encontrámos um espaço que não nos iria deixar ficar mal, que está cheio de bom gosto, graça e primor. 

Foi precisamente o que pensei quando entrei na Gente da Minha Terra, uma loja de conceito que reúne as mais variadas — e queridinhas! — marcas portuguesas. Da cerâmica à ilustração, há um pouco de tudo e deixamo-nos encantar pelas loiças, postais, andorinhas ou esculturas. Muitas das marcas selecionadas só têm presença online, o que também é uma forma de aproximar o cliente ao produto — tocar e ver. 

A minha vontade foi de levar a loja inteira, mas comigo trouxe apenas dois miminhos especiais — a minha pequena andorinha e uns postais amorosos —, até porque conto com a possibilidade de encomendar online para satisfazer os caprichos vindouros. Se têm programada uma visita para Évora e querem levar o souvenir perfeito, recomendo a Gente da Minha Terra vezes sem conta.