sábado, 7 de maio de 2022

PASSAPORTE | Rooftop Spa


Lembram-se de ter partilhado convosco que fomos ao B2 Boutique Hotel para duas experiências? A primeira delas já falei aqui e a segunda foi uma absoluta estreia: ir a um spa no rooftop do hotel. 

Esta é uma das experiências mais sugeridas nos guias de viagem de Zurique e entendemos porquê: a combinação do frio com a água quente e a vista inacreditável para toda a cidade e para as montanhas é memorável, além de que eles são exímios na arte do bem-estar e de pensar em espaços de spa confortáveis, bonitos e muito funcionais. A nossa pesquisa levou-nos ao rooftop spa do B2 Boutique Hotel (que já estava no nosso planeamento, portanto, foi um 2 em 1). 


O serviço de spa do B2 Boutique Hotel tem dois circuitos disponíveis, sendo que um deles – que inclui o espaço de termas romanas – está interdito para menores, pelo que optámos pelo 1º. Em ambos, o acesso à infinity pool no topo do hotel está garantida, assim como o acesso livre ao spa durante um dia inteiro. 


E quando digo um dia inteiro, é efetivamente possível ficar lá um dia completo! São várias as salas com diferentes tratamentos termais ou de massagem, mas um dos pisos está inteiramente reservado a serviço de bar e restauração, com mesas confortáveis para fazerem uma pausa, saborearem uma refeição leve ou beberem algo da carta de bebidas. À entrada, é-vos colocado uma pulseira digital com a qual utilizam para fazerem o vosso pedido de refeição. O valor é pago à saída do hotel.


São-vos disponibilizados também roupões para que transitem entre salas com o maior conforto possível. Evidentemente, não ficámos lá o dia todo, pelo que optámos pelo final do dia, quando a maioria dos museus e lojas já está fechado, para descontrairmos e desfrutarmos da experiência antes do nosso jantar. 


Claro que o momento mais aguardado é o rooftop. Devo dizer-vos que visitámos Zurique em fevereiro e estava bastante intrigada para perceber quão confortável seria estar numa piscina termal aquecida num clima gelado, mas foi agradavelmente surpreendente. A água é verdadeiramente quente e o vapor libertado pela temperatura ameniza o clima frio, pelo que não sentem qualquer choque térmico! 

A hora que escolhemos para ir ao spa também foi perfeita, permitindo-nos desfrutar do pôr do sol na cidade e assistir às primeiras luzes a surgirem, tudo isto num cenário de cidade e montanha em perfeita sinergia. Foi absolutamente relaxante e especial. 


Desta experiência, não tenho fotografias por não serem permitidas por uma questão de privacidade – algo que, honestamente, enquanto mulher, deixou-me mais confortável para circular entre os espaços – pelo que vão ter de confiar no meu relato de que é uma experiência incrível e que vale cada cêntimo. Na verdade, foi a única experiência em toda a viagem que achei que teve um custo-benefício muito justo (60 CHF por adulto e 30 CHF para menores). Para circuito livre em todas as salas e acesso ao rooftop durante um dia inteiro, nem em Lisboa encontramos uma experiência e custo paralelos.

Algumas dicas finais? Eu adicionaria um fato de banho, chinelos e toalha na minha mala, mesmo que ainda estivesse a ponderar se iria à experiência ou não – foi o que fizemos. Se forem a este spa em particular, levem mesmo toalha porque, caso contrário, têm de pagar para ter acesso a toalhas fornecidas pelo hotel. O horário é bastante alargado, até às 22h da noite, pelo que é a experiência perfeita se quiserem calcorrear a cidade durante o dia e, como nós fizemos, desfrutar de uma pausa antes do jantar.

Fotografias: @huerlimannbad

1 comentário:

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)