quinta-feira, 29 de outubro de 2020

MÚSICA || AirPods


Partilhei convosco, no ano passado, que paguei de língua quando experimentei auscultadores wireless pela primeira vez. Foi uma comodidade e praticidade que eu não sabia que precisava. E agora que sinto que cada vez dou mais uso a auscultadores sem fios, queria muito investir nuns com mais qualidade e durabilidade. No meu aniversário, leram os meus pensamentos (ou o blog!).

Chegaram até mim os AirPods de primeira geração — os que queria, já que não gosto da cabeça dos AirPods Pro — e tem sido uma relação incrível, desde então. Conectam-se com imensa facilidade ao telemóvel — e a outros dispositivos que não Apple — posso controlar o estado da bateria (tanto dos auscultadores como da caixa que os carrega), bastam dois toques nos auscultadores para mudar de música e basta retirar um deles do ouvido para a música parar (e retomar quando o volto a encostar). A autonomia é extraordinária e a qualidade do som é fabulosa. 

Uns AirPods são um puro capricho mas o luxo de nos podermos movimentar sem estarmos presos a fios vale cada cêntimo. Uso-os para treinar, para chamadas (e é fantástico porque, assim, posso estar a fazer outras coisas enquanto estou ao telefone) ou mesmo para o quotidiano, com total liberdade de movimentos. Há sempre o habitual risco de perda — tão humoristicamente partilhado aquando do seu lançamento — mas tenho sido muito responsável e criei o hábito de os guardar de imediato na caixa assim que os retiro dos ouvidos. 

Não é um essencial mas casa muito bem com a minha rotina, sempre dinâmica e onde ou estou a ouvir música, ou a treinar, ou a responder a chamadas enquanto adianto trabalho.

2 comentários:

  1. Sinceramente acho o preço escandaloso mas torna-se interessante a questão da total liberdade de movimentos. No meu caso tenho sempre muitas chamadas para fazer e talvez fosse algo interessante ;)

    ResponderEliminar
  2. Sou cliente da Apple há já vários anos e infelizmente tenho de dizer que os Airpods foram o primeiro (e espero que último) produto que me desiludiu.
    Dado o preço mais elevado da marca, espero sempre que os produtos se distingam do resto do mercado pela qualidade ou simplesmente por alguma coisa mais exclusiva. Não foi o caso dos Airpods: passados dois anos da compra deles, notei uma quebra ridícula no tempo de bateria, e sinceramente vejo muitos outros phones wireless no mercado com as mesmas caracteristicas (ou até melhores) e preços muito mais acessíveis.

    É possível que os AirPods das gerações actuais já tenham melhorias consideráveis quando comparados com o primeiro modelo, mas acho que tão cedo é um produto que não devo comprar de novo. Mas não faz mal, há muito mais Apple para a gente gastar (investir!) dinheiro :D

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)