segunda-feira, 30 de março de 2020

LIVROS || Humans of New York


Nos tempos idos em que o Facebook era a rede social de eleição, a página Humans of New York fez o maior sucesso (e ainda faz). Era absolutamente fã do projeto, onde um fotógrafo ia passeando pelas ruas de Nova Iorque e fotografando desconhecidos que lhe chamavam a atenção. A publicação das fotografias fazia-se sempre acompanhar de uma descrição com a história da pessoa retratada ou com uma citação derivada da conversa entre o fotógrafo e o desconhecido.

A ideia convenceu o mundo inteiro e acabou por sair do digital e apresentar-se como um livro — também antigo, por sinal. Porém, só tive oportunidade de o ter nas mãos recentemente.

Já sabem que não sou louca por coffee table books, portanto, os que tenho, gosto que agreguem algum significado ou que, de facto, enriqueçam a experiência de leitura. E embora o livro não se desvie, de todo, do formato que nasceu no Facebook — e nem fazia sentido que o fizesse —, observar que as fotografias e as citações têm um outro destaque por estarem eternizadas nas páginas de um livro tem um gosto mais especial. Os temas das descrições e conversas são tão aleatórios quanto as pessoas que figuram nas fotografias e é isso que torna Humans of New York tão especial: nunca sabemos o que esperar. 

Mudanças de vida ou de carreira, confissões bizarras, desabafos sobre a cidade, observações do próprio fotógrafo, histórias de (des)amor e de superação... há um pouco de tudo, com a certeza de que umas vão marcar mais do que outras. É uma verdadeira homenagem a uma cidade multicultural e onde tantas pessoas a pisam com objetivos diferentes. Recomendo muito!

WOOK
Livro

Bertrand
Livro

Este artigo contém links de afiliados.

2 comentários:

  1. Tenho dois (não sei se entretanto foram lançados mais). Um é mais focado nas fotografias, como a página do Facebook começou, mas o segundo já revela histórias de vida mais aprofundadas e reflexões muito interessantes :)

    ResponderEliminar
  2. Adooooro este projecto! Ainda no outro dia uma professora minha referiu-o em aula e eu era a única que conhecia. Adorava ter este livro nas mãos! :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)