quinta-feira, 5 de julho de 2018

PASSAPORTE || National Gallery


O museu imperdível de Oslo para todos os apreciadores de arte. Nós, pelo menos, não o queríamos perder e aproveitámos a chuva lá fora para nos encantarmos com os tesouros no seu interior.
O espólio do Nasjonalgalleriet é diversificado, tanto no estilo como nos pintores e escultores. Alguns dos pontos altos do museu são "O (lendário) Grito" e "Madonna" de Edvard Munch, "O Pensador" de Renoir, Monet, Degas, Matisse, Picasso — um dos quadros, se já assistiram a 'Genius' vai deixar-vos de coração apertadinho —, entre outros.



Embora o espaço e ambiente do museu não sejam nada de extraordinário — o National Gallery efectivamente vence pelo seu acervo — há uma liberdade e proximidade com a arte que eu sempre aprecio quando visito museus. Podemos estar muito próximo dos quadros, podemos tirar fotografias, existem salas onde podemos fazer esboços da escultura exposta — que, pelo que percebi, vão mudando ao fim de determinado período — e partilhar num mural (o que torna a sala tão incrível é que podemos observar verdadeiros artistas e estudantes de arte a fazerem a sua interpretação da escultura ao lado de uma criança que desenha livremente e sem regras. Este convívio é absolutamente enriquecedor).



O National Gallery é um museu que podemos perfeitamente explorar no seu todo e sem nos tomar demasiadas horas do dia. Não tenham receio de serem clichés e de fazerem a expressão icónica d'O Grito!

2 comentários:

  1. A tua foto ao pé d'"O Grito" está só fantástica!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. A parte mais funny e mais bonita de todo o post é sem dúvida o teu desenho!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)