quarta-feira, 12 de maio de 2021

SÉRIES || The Bold Type


Jane (jornalista), Kat (gestora de redes sociais) e Sutton (assistente) trabalham na Scarlet magazine, em Nova Iorque, e a par de todos os desafios para lançar uma revista pertinente, atual e apetecível numa Era digital, enfrentam também as suas próprias aventuras enquanto jovens mulheres de 25 anos que querem ser bem sucedidas pessoal e profissionalmente.
 
Inspirada na própria vida de Joanna Coles, ex-diretora-chefe da Cosmopolitan, confesso que evito ao máximo comparações forçadas mas sinto que The Bold Type conseguiu ser aquilo que Emily In Paris apenas tentou. A “glamourização” de profissões com muito pouco glamour é também evidente nesta série, embora esforce-se por trazer um toque realista sobre os desafios de escrever e promover uma revista para o seu público. No entanto, The Bold Type vence, na verdade, pela forma inteligente com que encaixa temas muito sensíveis, importantes e tabu em episódios leves e com uma certa dose de divertimento apenas possível quando três mulheres jovens e loucas por moda se juntam em Nova Iorque.
 
A dinâmica entre mulheres é absolutamente inspiradora e é, talvez, a primeira série (de que me recorde) onde nenhuma das histórias tem como dinâmica a inimizade entre mulheres, e acho que era precisamente isso que me fazia afastar deste tipo de produções. Sempre me saturou as histórias de mulheres onde a chefe tem de ser sempre arrogante e pérfida para justificar o seu lugar de chefia, em que o grupo de amigas só funciona com dinâmicas de inveja e traição de confiança ou em que os ângulos principais de todos os episódios são as relações amorosas das protagonistas (aos triângulos e quadrados). Embora ainda não tenha terminado toda a série, The Bold Type foi, para mim, uma lufada de ar fresco inspiradora.
 
Tem sido a minha série aconchegante que gosto de assistir ao final do dia para desligar do mundo! Já está nas bocas, olhos e listas de reprodução de todo o mundo mas, caso exista por aí alguém que ainda não viu, eu recomendo muito!

3 comentários:

  1. Estava em dúvida sobre ver essa série, mas ler esse post me fez adicioná-la na lista. Acho que vou gostar muito :D

    ResponderEliminar
  2. Comecei a acompanhar "The Bold Type" entre o lançamento da 1.ª e da 2.ª temporadas e aquilo que mais me faz gostar da série é ver como abordam temas tão actuais de forma tão sensível e bonita. Chatearam-me algumas atitudes de várias personagens, mas, no geral, é uma série de que gosto muito também.


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  3. Adoro esta série. Foi a minha companhia de final do dia, também, nas últimas semanas. Entretanto terminei a quarta temporada e estou desejosa pela quinta.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)