sábado, 29 de maio de 2021

MUNDO || Dias de Primavera


A primavera sempre foi uma estação muito esquecida por mim. Sempre representou a contagem decrescente para os dias quentes e declarados de verão. Mas este ano dei por mim a observar a primavera com outros olhos. Talvez por estar mais parada, dou por mim a observar com deleite o passar das estações. As flores a desabrochar, as vinhas a ganhar, de novo, o tom verde brilhante que traz tanta vida e cor à vista da minha janela.
 
Os dias de céu azul combinam com malhas de manhã e um earl grey a aquecer as minhas mãos. Trabalho na mesa da varanda com a brisa fresca e o som dos pássaros, a inspiração que preciso numa fase em que os processos criativos estão — um pouco por todo o lado — comprometidos pela falta de estímulo do mundo.
 
Os raios de sol já são quentes e convidam às estreias; o primeiro banho de sol no jardim que está quase renovado e que se tem convertido no nosso paraíso privado. Há sensações que ficam na minha memória: o cheiro do protetor solar, o chá fresco nos meus lábios, o som do gelo a tilintar no copo. As sestas da Belka mais longas em homenagem ao pôr do sol cada vez mais atrasado.
 
Chapéus de palha, toalhas tiradas dos armários. Tecidos frescos na pele, calçado sem meias. Gelados de sobremesa e casacos ao final da tarde. Músicas mais alegres, caminhadas convidativas, jarras coloridas, passeios de bicicleta, levados pelo vento do Oeste. As leituras ao sol, sentada numa cadeira ou aproveitando a relva de pés descalços. Os almoços à varanda — a nossa esplanada que nunca tem hora de fecho e em que todos os menus do dia são os nossos pratos prediletos. Os limoeiros carregados, as cerejeiras a dar mais flor do que cerejas — como sempre.
 
Aprendi a gostar da primavera por ser tão transparente. É o que é e como é, sem pretensões. Sabe que antecede uma estação popular e, portanto, não tenta esforços em vão. Deixa-se ser, ao seu ritmo, com cor, com vida, com paciência. Com beleza na sua simplicidade.

1 comentário:

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)