quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

LIVROS || Cinco Voltas na Bahia e Um Beijo para Caetano Veloso


Embora a literatura de viagem não seja a que mais me arrebata, tenho dado por mim a agarrar-me a esta tipologia de livros para me resgatar a lugares que 2020 (e 2021) não me permitiu ver com os meus olhos. Foi assim que peguei no Cinco Voltas na Bahia e um Beijo para Caetano Veloso, com uma vontade gigante de ir ao Brasil. 

Só durante a leitura é que descobri que este é o livro que fecha uma trilogia de livros de literatura histórica que Alexandra Lucas Coelho escreveu, sobre o impacto dos Descobrimentos na cultura e evolução do Brasil. Caetano Veloso — artista por quem a autora é apaixonada — respondeu-lhe que ‘Falta Bahia no seu livro’. E assim ela aceitou o desafio, escrevendo este livro (que não precisa da leitura dos outros dois para ser compreendido e devorado) num contexto mais descontraído e casual, onde parte para conhecer a Bahia, lugar de encanto e protagonismo de tantos artistas, não só de Caetano Veloso mas também de Maria Bethânia e de João Gilberto. Bahia com H

Não conhecendo a voz da autora, dei por mim a ler a narrativa pela memória da voz especial de Adriana Calcanhotto e assim ficou no resto dos capítulos, um sotaque brasileiro em prosa portuguesa que casou com arte nesta leitura. É um livro que se lê num sopro mas fica connosco durante muito tempo, que nos transporta para todos os lugares que Alexandra Lucas Coelho vai descrevendo e contextualizando historicamente e ainda as figuras que resgata e embrulha com um pouco de opinião política e social — quem diria que seria aqui que ia ler a melhor opinião sobre a revolução das estátuas? 

Cinco Voltas na Bahia e um Beijo para Caetano Veloso tem a música perfeita — e lê-se a ouvir essa música — tem cheiro de mar e toque de tecidos de algodão branco. Li no começo gelado do ano mas, enquanto o tive nas mãos, saboreei de um calor tropical que espero, um dia, voltar a sentir. Talvez não por palavras tão perfeitas como a autora soube escolher, mas através dos meus olhos. Seguramente, um dos melhores livros de 2021.

WOOK

Bertrand

Este artigo contém links de afiliado.

1 comentário:

  1. Dela li o «Viva México» e adorei, é sobre uma viagem de três semanas pelo país. Recomendo muito. Fiquei curiosa com este :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)