segunda-feira, 29 de junho de 2020

PASSAPORTE || Dias Off(line)


Depois dos últimos tempos alucinantes — e sem previsão de terminarem — e das constantes notificações, chamadas, mensagens fora de horas e urgências, admito que sinto o dobro do cansaço em circunstâncias normais e desligar estava a tornar-se quase incomportável, refletindo-se na minha saúde e bem estar. Estes dias de fuga offline (e partilhados em rede muito depois) e com um só tracinho de rede foram fundamentais para me reequilibrar e relembrar que existe mais do que a minha rotina e, mais importante, que existe tranquilidade. 

Foram poucos dias — nem quando achamos que estamos no nosso refúgio e que nada nos pode acontecer as más noticias deixam de surgir — mas os que desfrutei, foram ao máximo. Praticamente incontactável mas conectada com o que (e quem) realmente importa. 

Escapámos com o objetivo bem definido: descansar e, se o tempo permitisse, dar uns mergulhos e aproveitar os recantos fluviais. Viajar cá dentro sempre fez parte dos meus roteiros — mesmo quando não existia uma pandemia e fronteiras fechadas — e a escolha do campo ao invés das praias foi, claramente, a nossa melhor decisão. 

Regressei a alguns lugares que já me eram queridos e conheci novos que estão na minha lista de regressos. Acordei com despertador mas pelos melhores motivos. Dei mergulhos em água doce, comi pão com manteiga enquanto ouvia as rolas a cantar, sujei as calças durante as minhas caminhadas, fiz canoagem até ficar rodeada pela natureza e o leito do rio, desfrutando do sossego, dos sons dos pássaros e do vento a envolver-se nas folhas. 

É irreal dizer que regresso restabelecida — especialmente quando o regresso teve de ser mais cedo — e com energias recarregadas mas esta pequena fuga foi essencial para redescobrir os pequenos prazeres de viver sem medos, protocolos ou 15 notificações por segundo no telemóvel. Regresso, isso sim, um pouco mais queimadita nas maçãs do rosto nos braços, com novas histórias para recordar, mais cantinhos secretos de Portugal desvendados e com fotografias bonitas de uns dias muito bem passados.

8 comentários:

  1. É tão bom tirar uns dias só para nós e para passear. E quando é para estar no meio do campo e do ar livre sabe sempre bem, e sentimos-nos logo com energias recarregadas.

    ResponderEliminar
  2. Olá, qual a tua camâra, se não for indiscrição? ADORO A QUALIDADE das tuas fotos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Eu não tenho câmara, as fotos que tiro para as minhas publicações (tanto no blog como no insta) são tiradas com o meu telemóvel (iphone 7 plus) :)

      Eliminar
    2. Entao tens imensamente jeito!! :) sao lindas!

      Eliminar
  3. Esses dias, mesmo que poucos, são essenciais para recarregar baterias e voltar ao dia a dia com mais foco e energia.

    ResponderEliminar
  4. Uaaau, e que bem que fizeste de estar decsonectada nesse sítio lindíssimo!! É onde, se não te importares de responder?

    ResponderEliminar
  5. Eu fiz como tu, há uns dias fui desconectar-me para Arcos de Valdevez :).

    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)