segunda-feira, 8 de julho de 2019

LIVROS || Factfulness


Num mundo que parece cada vez fraturado, onde as notícias destacam tragédias e injustiça, onde o impacto negativo das nossas ações é gigantesco e onde damos de caras, constantemente, com momentos de violência, guerra, pobreza desigualdade, e devastação ecológica, poderemos considerar que o mundo, na verdade, está melhor do que julgamos?

Eu sou uma otimista por natureza e a minha resposta seria 'sim' mesmo sem ter lido o livro mas Factfulness dá-nos dez razões pelas quais a nossa perceção do mundo está completamente errada e justifica por que motivo as coisas estão melhores do que aparentam. Não se deixem enganar; Hans Rosling, o autor, não é um otimista como eu. Factfulness não tem afirmações forçadas nem visões fantasiosas sobre a atualidade, pelo contrário; está repleto de rigor e evidência científica. De leitura fluída e linguagem acessível, Hans Rosling reúne uma série de gráficos e informações da mais elevada credibilidade que nos provam, sem margem para dúvidas, que as afirmações arrojadas que Hans formula no seu livro estão mais do que corretas e suportadas.

Vacinação, pobreza, eletricidade, extinção, aquecimento global, desigualdades de género na educação, terrorismo, crescimento económico, entre outros assuntos fraturantes são abordados de forma justa, minuciosa e científica. Em cada tema, somos desafiados a refletir sobre a nossa própria perceção global sobre o assunto antes de sermos confrontados com as respostas que, no mínimo, surpreendem. Confesso que, tendo em conta que me denomino uma otimista, fiquei muito surpreendida com a minha perceção e fiz questão de ler este livro devagar para absorver todas as informações e aprender mais.

Munido dos seus gráficos e da sua experiência profissional — que é tão interessante quanto o próprio tema do livro — Hans Rosling não procura dizer que o mundo está perfeito e que não precisa da nossa intervenção e preocupação para o melhorar. Apenas comprova que não está tão mau quanto os gráficos datados, fundamentalistas, media, líderes de opinião e outras falácias de autoridade demonstram. Não nos incita a relaxar com base nestas informações mais positivas mas ensina-nos a sermos interventivos com o que realmente importa e com uma nova esperança nas mãos. Prepara-nos para olhar para o futuro de uma forma mais realista, desprovida de preconceitos, objetiva, ponderada e inteligente. Iniciei a leitura deste livro com uma noção do mundo e terminei-a com outra. Factfulness deixou-me mais informada e esperançosa. É um livro que recomendo a todos.

WOOK

Bertrand

1 comentário:

  1. Só pelas reviews que tenho visto deste livro, não bastasse o desafio a que se propõe, já estou em pulgas para o ler. Confesso que me tenho deparado muito com esta dúvida: mas afinal, quem tem razão? E pelo que tenho lido, fico feliz por saber que os velhos-do-Restelo continuam a ser isso mesmo :)

    Jiji

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)