sexta-feira, 26 de abril de 2019

PASSAPORTE || Museu Nacional da Irlanda


O Museu Nacional da Irlanda acolhe o maior património arqueológico e pré-Histórico da Irlanda, entre jóias e tesouros, heranças Viking e uma exposição de História Natural. Foi um dos museus onde tivemos maior azar, uma vez que a maior parte das galerias estavam encerradas para manutenção ou permanentemente, pelo que tivemos apenas duas salas de História Natural para explorar.


Entre animais embalsamados — com os quais nunca delirei — e outros exemplares de geologia, as duas salas disponíveis estavam divididas entre fauna nativa da Irlanda (a Irish Room) e a restante dedicada a animais exóticos de outras partes do mundo, incluindo o esqueleto de uma gigantesca baleia no tecto, atravessando toda a galeria. Não se compara à grandiosidade — tanto no edifício quanto na qualidade do acervo — de um Museu de História Natural de Londres, por exemplo, e, honestamente, é um museu que podem dispensar se tiverem prioridades a definir. Porém, a visita faz-se de forma rápida, organizada e não deixa de ter a sua beleza. Aqui, podemos conhecer os animais que fizeram parte do passado e os que temos o dever de proteger para o futuro; olhamos de perto para exemplares à escala e apercebemo-nos do quanto somos insignificantes ao seu lado.




Recomendo vivamente o Museu se se fizerem acompanhar por crianças. A entrada é gratuita e fecha às segundas.

1 comentário:

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)