sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

DAILY || "Neste dia"


Um pormenor que faço sempre questão de colocar em todas as minhas agendas é um pequeno registo do que aconteceu naquele dia mas noutro ano. É um conceito que várias apps e até as redes sociais já exploram, mas no digital ligo menos porque nem sempre coloco por lá as coisas que realmente anoto na minha agenda, razão pela qual são ainda mais importantes para mim.

Viagens, combinações especiais, ocasiões bonitas, boas notícias que me foram reveladas naquele dia... 1, 2, 3, 4 anos (...) Não importa, desde que tenham significado. O registo é sempre conciso e nunca ocupa mais que uma linha, mas sei que esboço um sorriso sempre que viro uma página da minha agenda e encontro uma anotação do género. Quando mais os anos passam e agendas acumulo, novas datas vão surgindo.

Acho que é precisamente isso que me faz apreciar tanto este registo: a prova de que não são as datas nem os dias da semana que importam. São os momentos que desfrutamos e com quem os desfrutamos, seja a uma sexta-feira à noite ou a uma terça-feira à hora de almoço. Este momento quase mágico em que um dia banal passa a ser especial e em que posso registá-lo na minha agenda, comprova que qualquer dia pode ser um dia perfeito para algo incrível acontecer e que mesmo quando, neste momento, está só a ser um dia absolutamente normal, num outro ano já foi extraordinário e maravilhoso. Inevitavelmente, observo sempre as muitas datas em branco e penso em quantas coisas maravilhosas elas têm por protagonizar; quantos dias extraordinários ainda me reservam, quantas notícias incríveis ainda tenho por ouvir, encontros memoráveis que estão por chegar, momentos marcantes que tenho por viver e viagens fenomenais que estão por marcar e que vão transformar estes dias que nada me dizem em memórias especiais. Há um sabor de esperança muito doce que me deixa entusiasmada com o futuro, apaixonada pelo passado que recordo diariamente e confiante de que o presente é o momento em que as linhas que escrevo tão alegremente na minha agenda se escrevem. Hoje, é um dia normal. Há uns anos, foi muito especial. Talvez daqui a muitos, volte a ser bonito. E os dias banais em branco preenchem-se com carinho sem eu imaginar.

3 comentários:

  1. Eu costumava fazer isso e parei, mas agora aos poucos ando a regressar a esse hábito tão bom!!

    ResponderEliminar
  2. Nunca tinha pensado em fazer isso, mas acho uma ótima ideia!
    Para mim, todas as coisas simples que provoquem um sorriso já valem a pena!

    Um beijinho,
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
  3. Que maneira bonita de escrever numa agenda e de celebrar todos os dias, sejam eles uma segunda ou um sábado. Que maravilha, só tu para pensares numa coisa assim!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)