segunda-feira, 4 de outubro de 2021

LIVROS | Os Livros que Devoraram o Meu Pai


A 1ª vez que ouvi falar sobre este livro foi através da Bia, já há alguns anos, mas o título é tão inesperado que fiquei com ele cravado na mente. Com a crescente popularidade de Afonso Cruz decidi, finalmente, mergulhar neste livro. 

Esta história bem pequena — que conseguem ler, perfeitamente, numa tarde — conta a história de Elias Bonfim, um menino que procura respostas após o desaparecimento do seu pai, que se perdeu na leitura. Numa mistura entre o real, o metafórico e as referências literárias de peso, entramos numa viagem pela literatura e por aquilo que os livros acrescentam à nossa vida. 

Consigo perceber porque razão Os Livros Que Devoraram o Meu Pai faz parte do Plano Nacional de Leitura: é um livro que, dependendo da idade com que o lemos, apreendemos mensagens diferentes. Para os mais novos, há uma camada superficial, onde a narrativa é simples e as metáforas praticamente reais. Existe uma linha condutora que lhes permite retirar uma moral clara desta história. Para os graúdos, existem pequenas subtilezas que nos fazem perceber que a história não é tão preto no branco, que funciona nas entrelinhas, com uma mensagem menos lapidada e mais dura. Em ambos os casos, é uma leitura absolutamente fantástica. 

Este foi o meu primeiro contacto com o trabalho de Afonso Cruz e percebi, de imediato, o fascínio. A única dúvida que me resta é saber qual deverá ser o próximo livro da sua autoria a ler.

WOOK

Bertrand

Este artigo contém links de afiliado.

7 comentários:

  1. Aconselho, sem dúvida, "O Pintor debaixo do Lava-loiças". Foi este o meu primeiro contato com o autor.

    ResponderEliminar
  2. É um dos meus livros favoritos do autor, porque tem uma aparente subtileza que nos leva a explorar diversas camadas - sociais e emocionais. Tal como a Ana, aconselho O Pintor Debaixo do Lava-Loiças

    ResponderEliminar
  3. O primeiro que li dele foi "O Pintor Debaixo do Lava-Loiças". Depois li "Flores" e "Jesus Cristo Bebia Cerveja" mas o primeiro foi o que mais gostei que agora :)

    ResponderEliminar
  4. Tens de ler O Pintor debaixo do Lava-loiças e Para onde vão os Guarda-chuvas. 🤍

    ResponderEliminar
  5. É um dos meus livros preferidos, dos poucos que reli e ainda quero voltar a reler (ainda bem que é pequeno). É sempre mágico. Mas a magia está bem ligada aos livros de Afonso Cruz.

    Aconselho Vamos Comprar um Poeta para uma próxima leitura ;)

    ResponderEliminar
  6. Eis um autor que consta na minha lista há imenso tempo! Não tenho um título em específico pelo qual começar, no entanto, só sei que o quero ler e experimentar as suas narrativas!

    Lyne, Imperium BlogCongresso Botânico - Podcast

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)