quinta-feira, 25 de junho de 2020

LIVROS || How To Stop Time


Admito que iniciei esta leitura com a expectativa de um A Idade de Adaline em formato literário. Mas a verdade é que How To Stop Time segue uma narrativa diferente — não menos interessante por isso — e tem um final que divide os leitores. 

Tom tem mais de 400 anos. Envelhece muito mais lentamente do que uma pessoa comum e, por isso, atravessa os séculos em perfeita saúde e jovialidade. É um homem nostálgico, atormentado e melancólico mas sentimos empatia imediata por ele e pelas suas reflexões. Segue a sua vida com duas regras simples: não se apegar a ninguém, não se apaixonar e começar uma vida e identidade nova a cada 10 anos.

Os capítulos do livro vão transitando entre o presente e épocas históricas diferentes, momentos que marcaram Tom e que o tornaram na figura que é hoje. Achei a reflexão sobre as diferenças de época, as inovações e a evolução da sociedade sempre muito bem trabalhada e perdemo-nos por inteiro na história. 

Faço parte do grupo que não adorou o final, sinto que termina de forma muito rápida, com pontas soltas e incongruências. E mesmo não sendo um livro marcante ou que levo para a vida, tem uma premissa interessante e é uma leitura acessível e envolvente, que nos entretém e abstrai do mundo. Se me permitem a sugestão, é a leitura perfeita para intercalar com mergulhos num belo dia de verão!

WOOK

Bertrand

Este artigo contém links de afiliados.

2 comentários:

  1. O enredo de facto é muito parecido com "A Idade de Adaline", em que ele realmente envelhece e outras partes talvez que eu desconheça por ainda não ter lido o livro. Fiquei interessada :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. E por todas as vezes em que acho impossível acrescentar títulos na minha infinita lista, eis que leio a tua sugestão! Que premissa interessante! Vou já guardar, hihi 🌻
    Beijocas,

    LYNE, IMPERIUM BLOG // CONGRESSO BOTÂNICO - PODCAST

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)