sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

(DE)CORAÇÃO || Ceramiquices


Encontrar pequenos tesouros... Durante as minhas viagens e passeios, o olhar vai sempre atento a todos os recantos, pormenores e... lojas. Especialmente as que têm um toque único e de exclusividade. A sensação de que não vou encontrar estes artigos em mais nenhum lugar. 

Foi assim que decidimos espreitar a Ceramiquices — e o nome é um mimo! Uma pequena loja de cerâmica localizada em Estremoz, mesmo por dentro da muralha do castelo. Quando a visitámos e conversámos com a criadora das peças, Fátima Lopes, descobrimos que era um projeto recente, com um mês de vida, mas que já tinha uma gama de artigos lindíssima para apreciar. Ao fundo da loja, encontram uma salinha cheia de luz natural onde se encontra o atelier e podem observar Fátima a criar as suas peças.




A originalidade e o toque irreverente dão identidade a cada peça. A grande maioria é destinada a artigos de cozinha — entre pratos, travessas e talheres — mas também há uma grande componente de jardinagem associada, não só no próprio design — inúmeras flores — mas também no próprio propósito das peças, entre vasos de vários tamanhos para colocarem as vossas plantas.







Claro está, não foi esse o intuito com que escolhi a minha peça e esta versatilidade fascina-me tanto quanto a Fátima, que logo me perguntou se a iria utilizar para o propósito original com que pensou e planeou a peça — embora já desconfiasse que não e que isso a deixasse muito intrigada com a originalidade dos seus clientes. Eu escolhi uma peça em espiral — que também existia num tom azul lindíssimo mas que, para a minha decoração, fazia mais sentido a branca — e o acabamento imperfeito a combinar com o design arrojado encantaram-me assim que lhe peguei. Nasceu para ser um vaso de plantas mas, em minha casa, tem sido um incrível porta-joias — onde uso a zona central e mais larga para guardar acessórios maiores e a divisória mais fininha para guardar os anéis e outros detalhes pequeninos que tenho perdidos pela casa e que não quero que fiquem dispersos. Cumpre na perfeição a sua missão, além de me fazer sempre recordar com carinho o nosso passeio despreocupado por Estremoz.




É um verdadeiro negócio local, sem páginas de internet associadas, mas um reforço daquilo que no artesanato nacional se faz de melhor. Confesso que não sei como funcionaria um possível envio de peças, mas deixo o contacto que a Fátima disponibiliza no seu cartão (934 645 551) para que, caso realmente queiram muito uma peça e não tenham uma visita marcada ao Alentejo, possam consultá-la e averiguar possibilidades. A sua simpatia combina com a sua atitude disponível. Se tiverem planos de visita para Estremoz, não deixem de dar um pulinho e conhecer as peças da Ceramiquices. Verdadeiras obras de arte contemporâneas a um preço amigo de todas as carteiras.

6 comentários:

  1. uau! que peças tao bonitas! gostei muito da peça que escolheste :)
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Aiiiiii adoro. Vou já mandar à Martinha! Ela vai delirar.
    Achei a forma como adaptaste essa peça giríssima.👌🏽

    ResponderEliminar
  3. Adorei!!
    Peças muito criativas e únicas!
    Quando passar em Estremoz visito a lojinha de certeza!

    Um beijinho,
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
  4. Oh, que peças amorosas!
    Adorei, Inês!
    Um beijinho*

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)