domingo, 13 de janeiro de 2019

BOM GARFO || Simpli

 LISBOA

Excelentemente localizado na rua Braamcamp, o Simpli foi o ponto de encontro perfeito para um lanche de comemoração do novo ano com a Lyne — que me recebeu com um sorriso grande e um livro bonito no bolso. Na verdade, o Simpli recebeu-me a preceito, com uma ótima companhia à mesa, luzinhas que me fizeram recordar todos os cafés que visitei em Oslo e uma playlist de Coldplay a tocar on repeat. Não é difícil agradar esta Inês.

No fundo, é isso; o Simpli tem uma influência nórdica que não fui capaz de ignorar. Não é o típico café de onda escandinava que aposta nos brancos e móveis claros, pelo contrário; o interior é moderno, industrial e com uma especial atenção no design em todos os pormenores — desde as mesas com diferentes tampos ou os abjures originais, à colher de chá. E é este o tipo de cafés que encontram na capital Norueguesa: simples, mas com uma enorme atenção estética e aos detalhes.



A montra prometia um lanche gostoso e, embora a seleção de croissants seja variada e apetitosa, com múltiplos recheios e massas — são, na verdade, os protagonistas da casa —, a Lyne inclinou-se para os brownies cappuccinos e eu decidi manter-me fiel ao conceito estético do café e pedir uma trança de canela e cardomomo. A bebida não podia ser outra: um Earl Grey que me foi apresentado com uma saqueta da Ahmad Tea, das minhas marcas preferidas. O chá veio quente, mas não a ferver — é sempre um bónus quando os espaços têm esta atenção — e a minha trança estava tão deliciosa quanto a nossa conversa.



Cada vez mais aprecio cafés em Lisboa bem localizados, com uma oferta saborosa e que não tenham uma disputa frenética e o Simpli ofereceu-nos isso. Fomos praticamente as únicas a ocupar as mesas num sábado à tarde e essa tranquilidade, aliado à excelente localização e ao lanche caprichado, não têm preço. É o tipo de lugar que quero regressar com gosto e vontade. Os croissants, a mesa à janela e a playlist dos Coldplay são apenas mais uma desculpa perfeita para o fazer.
______________________________
Rua Braamcamp, 64, 1250-096,
Lisboa
Contacto: 213 850 608

5 comentários:

  1. Mesmo colado ao meu trabalho. Ainda não tive oportunidade de ir mas fiquei curiosa para experimentar.

    ResponderEliminar
  2. Ah-ahhhh!! O quão curiosa estava para ler a tua opinião!! 👯 Referiste as tranças como um elemento que te fazia recordar a tua viagem à Noruega, mas não poderia imaginar que o café, em si, te tinha provocado todas essas sensações!! Nem fazes o ideia do quão agradável é ter, uma vez mais, a certeza de que acertei em cheio na escolha!! 😍
    Da próxima que lá for, tenho de provar essa trança! Estávamos tão mergulhadas na nossa conversa, que nem pedi para provar, ahahah!
    Beijo grandeeeee 💕

    LYNE, IMPERIUM BLOG

    ResponderEliminar
  3. A trança parece-me deliciosa e o espaço é realmente lindo. Não conhecia, mas ficou automaticamente na lista de espaços a visitar numa próxima visita à capital.

    ResponderEliminar
  4. Adoro a vibe! Nunca falhas em dar a conhecer lugares espantosos!

    ResponderEliminar
  5. Já fiquei faminta só de ver estas fotos!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)