domingo, 2 de setembro de 2018

VÍDEOS || Preferidos de Agosto de 2018

"Anxiety Diary — How I Recenter Myself" | Se só puderem assistir a um vídeo desta lista, eu gostava muito que fosse este. Porque a ansiedade não é romântica e a Estée mostra-o de uma forma que eu sinto que jamais seria capaz de expor. Neste vídeo, a Estée teve uma crise de ansiedade e decidiu gravar como é que ultrapassava essa crise ao longo do dia, quais eram as formas que ela encontrava para melhorar. Mas antes disso, grava-se no momento da crise e, também eu sofrendo com este monstro, foi uma mistura de sensações entre vulnerabilidade e bravura. Cada pessoa tem gatilhos de ansiedade diferentes — eu posso ter ataques de pânico e ansiedade que outras pessoas, com a mesma doença, não teriam — e cada corpo reage de forma diferente, mas todos nós compreendemos totalmente o sofrimento que aquela pessoa está a passar, naquele momento. E eu senti o sofrimento dela, a sensação de vergonha, de falha. Mas senti também a coragem que teve ao expor-se assim com o propósito de mostrar que podemos melhorar também e que, se o vídeo servir para ajudar alguém, essa exposição valeu a pena. 
Eu adorei o vídeo por ser absolutamente autêntico. A Estée fala sobre a sua ansiedade em várias esferas — desde o momento da crise a determinados reflexos que ela tem quando está ansiosa — e isso é importante porque esta doença tem de ficar esclarecida, e como há tantas facetas da mesma condição, quantas mais conhecermos, melhor. Mais preparados estamos para reconhecer os sinais e mais preparados estamos para ajudar quem passe por isso.
Eu recomendo que assistam tanto as pessoas que sofrem de ansiedade como as que não sofrem. As que não sofrem, para realmente conhecerem como isto (e que glorioso ou romântico não tem nada). É um espectáculo angustiante que não tem nada de 'tendência'. E para as que sofrem, porque mostra que os dias maus chegam ao fim e às vezes conseguem melhorar ao longo das horas. As dicas e mecanismos da Estée podem não resultar convosco, mas acho que podemos todos concordar que é reconfortante ver como ela se vai restabelecendo ao longo do dia e melhorando aos poucos. Isso dá esperança e conforto. Não estamos sozinhos nisto, malta. Não estamos mesmo. E acho que foi isso que a Youtuber quis passar. De uma forma muito real, orgânica e corajosa.

"A Comida que Me Fez Perder 5kg" | Não partilho este vídeo por nenhum produto em particular que a Catarina tenha mencionado. Ou pela sua rotina. Sequer pela parceria com o Jumbo. Partilho convosco este vídeo pela... nutricionista. Muitas vezes, questionam-me qual deveria ser a abordagem de uma boa nutricionista e eu fiquei verdadeiramente satisfeita com o que vi. Honestamente, a sua linguagem e reacção à rotina e escolhas alimentares da Catarina foi aquilo a que mais prestei atenção. Sem partir para fundamentalismos ou modas sem embasamento, não houve nada do que a nutricionista disse que eu não diria. Abordou o assunto com sensatez e conhecimento. Reparem que os produtos que a profissional não conhecia, a primeira coisa que ela fazia era... observar o rótulo (que a informa precisamente de que tipo de produto é o que tem nas mãos). Reparem na reflexão dela e vão conseguir identificar uma boa profissional de nutrição.

"Vagas de Emprego Mais Engraçadas" | O mundo profissional é uma selva e este vídeo demonstra-o bem. Com um toque humorístico fantástico, soltei muitas gargalhadas em relação aos anúncios e em relação aos comentários do Felipe. O problema é que terminei o vídeo a lembrar-me que já fui a entrevistas de emprego onde me questionaram coisas tão ridículas quanto as que vi no vídeo. Algumas pessoas assistiram comigo e disseram 'Só no Brasil mesmo...' e não se deixem enganar. Não é só no Brasil (a sério!). Deu para rir, depois de dar para chorar.

"A Shark Expert Reviews Shark Movies" | Tenho fascínio por tubarões desde miúda, tanto quanto tenho medo deles. Não sei que relação estranha é esta, mas adoro a shark week e não resisto em assistir a filmes com tubarões. Evidentemente que tenho algum senso crítico para entender que há um claro exagero e uma necessidade de criar um predador sanguinário que, na realidade, não é bem assim. Neste vídeo, uma especialista em tubarões analisa de forma rápida e concisa alguns dos filmes de tubarões mais populares, enquanto corrige os erros principais e dá uma pontuação final. Gostei da dinâmica humorística dela e da forma brilhante como soube defender os animais que há tantos anos estuda e protege. Continuo a ter medo deles mas... Eu sei que eles não querem nada comigo.

"Pessoas que Devem Ficar Longe da Cozinha" | Se estão a ler isto e ainda não sabiam que eu sou um desastre a cozinhar, não são leitores de gema. Mas é por ser um desastre culinário que eu acho tanta piada em ver vídeos sobre outras pessoas desastrosas na cozinha. Neste vídeo, são seleccionados alguns dos mais soberbos e idiotas comentários feitos em receitas online, e eu ri demais. Não muito, porque um dia posso acabar a fazer uma imbecilidade destas. Afinal de contas, fui eu que explodi um microondas a fazer um bolo da caneca (true story). O nu riu dos rotos.


Qual gostaram mais?

2 comentários:

  1. Também admiro os tubarões e, apesar dos arrepios, as tarântulas também... são fascínios diferentes, digamos assim :P

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)