sábado, 2 de junho de 2018

VÍDEOS || Preferidos de Maio 2018

"Welcome to the Eurovision Song Contest in Lisbon" | Maio de 2018 fica registado como o ano histórico em que o Festival da Eurovisão foi transmitido em Portugal. Como acompanhei tudo de uma forma muito superficial — não consegui assistir a nenhuma gala, sequer — foram os vídeos e as partilhas que me permitiram ficar por dentro do que é que fomos capazes de produzir para o mundo. E este vídeo introdutório está apenas fantástico, caracterizando muito daquilo que eu considero ser música: tudo. Tudo para mim é música, ritmo, comunicação e conversa. E resta-nos a sensibilidade para caracterizarmos o que ouvimos como ruído ou melodia. Está super bem conseguido.

"Amar Pelos Dois (cover) - Georgia" | Ainda do universo Eurovisão, não podia deixar de partilhar este cover que os concorrentes da Georgia presentearam para nós. Esta globalização — que não me interpretem mal, eu amo! — permite-nos ser, verdadeiramente, cidadãos do mundo e o inglês acaba por ser a ponte global para chegarmos ao outro. E acabamos por nos esquecer, por vezes, do quanto a nossa língua é bonita, articulada, difícil, expressiva. É um detalhe que sentimos com mais força quando ouvimos pessoas de outras origens, culturas e línguas a cantar. Dou os parabéns pelo esforço, cortesia e não podia deixar de partilhar.

"Esse é o seu vestido ideal?" | Eu sou uma criatura curiosa; nunca tive grande desejo de me casar, não está nos meus planos (sequer sonhos) mas adoro ver Say Yes to The Dress. De todo o conteúdo de televisão que se poderá considerar 'fútil', este programa é o único que assisto. E assisto de verdade, felicíssima, comentando em voz alta tudo! Podem imaginar o quanto eu delirei quando a Karol Pinheiro publicou um vlog a visitar a loja Kleinfeld (onde é gravado o programa) para procurar o seu vestido de noiva, certo? Acho que, se alguma vez for noiva (nem sequer consigo conceber, sinceramente) faço questão de também ir lá! Com tudo o que mereço!!

"Why tech needs the humanities" | É inegável que as ciências sempre foram mais valorizadas e destacadas que as humanidades. Não é novidade para ninguém que todos acreditam que o caminho para a empregabilidade, para o sucesso, para a destreza intelectual e de raciocínio é nas ciências, descartando as humanidades. E embora seja de ciências, nunca concordei com esta ideia. Ao assistir a este vídeo, finalmente senti que a justificação era boa e sedimentada. Os dois mundos são precisos e sim, podem e devem complementar-se. Por vezes, estamos tão programados e treinados para encararmos determinado desafio ou problema no mundo profissional da forma como toda a nossa academia nos preparou que nem nos apercebemos que existem um milhão de caminhos diferentes para atingir o mesmo resultado. E que existem graças aos mais variados raciocínios e formas de encarar o desafio. É por isto que afirmo tão afincadamente para as pessoas seguirem e formarem-se naquilo que lhes motiva e para procurarem saber mais sobre outros temas e universos que não apenas aquele para o qual se formaram. Não precisamos só de ir a formações directamente ligadas à nossa formação académica ou profissional. Podemos explorar outras áreas que nos interessem e para as quais sentimos aptidão. Provavelmente, vamos descobrir capacidades extraordinárias que não sabíamos que tínhamos, simplesmente porque nunca tínhamos pensado daquele jeito.

"O que fazer com apenas 30 dias de vida?" | Este vídeo é um react do Felipe Neto a um videoclip. Antes que revirem os olhos — sou só eu que estou fartinha de reacts? — devo alertar-vos de que este é muito bom, e embora possam sempre contar com o bom humor do Felipe, o tema é pesado e deixa-nos a reflectir. Por que só tentamos ser pessoas melhores (ou as que sempre ambicionámos ser) quando vemos a linha a chegar ao fim? Por que reflectimos nos outros comportamentos que condenávamos quando alguém nos fazia a nós? O videoclip está sensacional e gostei dos comentários do Felipe — os sérios e os não tão sérios — ao longo de todo o vídeo. Recomendo muito.


Qual foi o vosso preferido?

2 comentários:

  1. A intro do Festival da Eurovisão está o máximo, adoro a forma como conseguiram transformar tudo em música. Também vi o vídeo da Carol, óbvio que ia clicar no vídeo dela, eu maratonei tanto esse programa.
    Quanto aos outros vídeos, ainda tenho que ver :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Sempre com boas sugestões para aqueles que insistem em dizer que o youtube é só porcaria. Há bons conteúdos! E muitos!

    JU VIBES | @itsjuvibes ❤

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)