sábado, 4 de novembro de 2017

VÍDEOS || Preferidos de Outubro

Notas Mais Engraçadas do Uber


Vamos começar esta publicação bem dispostos e com humor! Neste vídeo, o Felipe Neto seleccionou algumas avaliações disponíveis na aplicação Uber, no Brasil, para partilhar connosco e é absolutamente hilariante. As histórias que partilham, os feedbacks absurdos, a lata que algumas pessoas têm... É surreal e delicioso de ouvir. Dei umas quantas gargalhadas a assistir a este vídeo. Se querem ver algo rápido para se animarem um bocado, aconselho muito que assistam!

Reagindo aos Brinquedos da Nossa Infância

Este vídeo conquistou-me pela nostalgia. Se há algo que me deixa mesmo saudosa, são os brinquedos. Felizmente, fui uma criança muito privilegiada por ter muitos dos brinquedos que sonhava, a maior parte presente neste vídeo. A Niina e a convidada fazem precisamente as mesmas caras que eu faço quando desencanto, na garagem, um brinquedo que ainda não doei. Aliás, eu própria fiz as mesmas expressões só de assistir. É tão bom recordar brinquedos que já fizeram parte da nossa história e alegria. Se são da minha geração, com certeza vão adorar este vídeo!

Anorexia - Minha Experiência

Desta lista de preferidos, talvez este seja o vídeo mais pesado. O tema dos distúrbios alimentares — especialmente os mais abordados, como a bulimia e anorexia — encontra-se muito "batido" e desinteressante para algumas pessoas, mas não para mim. Não só pela minha área de estudos mas também porque, como já expliquei, distúrbios como a anorexia não são tão lineares assim como os trabalhos de 8º ano querem demonstrar. Não existe apenas esse padrão de alarme que toda a gente procura e imagina quando pensa em "anorexia" (a miúda esquelética a olhar para o espelho e a ver-se obesa). É mais complexo e — infelizmente — subtil que isso, portanto, gosto de saber mais e conhecer testemunhos que me permitam conhecer a doença num prisma mais real. Já acompanho a Luísa há muito tempo — inclusive já a referi aqui por motivos muito mais felizes — e gosto muito do seu trabalho, tenho empatia com ela e achei muito interessante conhecer mais um lado deste distúrbio através dela. Todos os casos são diferentes e sinto que, quanto mais conhecermos, mais preparados estamos para os reconhecermos nos outros e, tão importante, sabermos como ajudar. É um vídeo que todos deviam ver; a leveza da Luísa permanece no vídeo, tornando-o mais tranquilo de assistir. Precisamos de falar mais sobre isto e sobre imagem corporal.

Um Guia Completo Sobre Todos os Parques de Harry Potter do Mundo

Voltamos a aligeirar a programação! Desta vez, quero partilhar convosco um vídeo que achei incrivelmente útil. Não é novidade para vocês que sou doida por parques de diversões — além da Disneyland, já fui super feliz na Isla Mágica —. Adoro todas as montanhas russas, diversões, decorações, espaços interactivos... Ir a um parque é uma experiência que adoro porque sou feliz por lá e consigo viver experiências únicas. Como tal, é evidente que tenho muito interesse em visitar um parque temático de Harry Potter — ou não fosse eu uma super fã da saga —, mas confesso que ficava muito confusa em relação às informações disponíveis e confundi, inúmeras vezes, os parques com os estúdios. Talvez seja uma confusão unicamente minha, mas ainda assim achei muito interessante este vídeo, onde o Renie dá-nos imensas informações sobre todos os parques de Harry Potter que existem, referindo ainda as diversões principais, os espaços que estão disponíveis, os melhores locais para comer, as diferenças entre todos os parques, imeeeensas dicas e ainda uma avaliação de qual é o parque que mais compensa visitar. É incrível e espero que, um dia, possa voltar a assistir a este vídeo para, efectivamente, me preparar para uma visita a um parque. E espero que vocês também!

Facts About Scary Movies That Will Blow Your Mind

Já estamos em Novembro mas não podemos esquecer que, em Outubro, celebra-se o Halloween, portanto, este vídeo está perfeitamente enquadrado na época. É bastante curtinho, conciso e reúne alguns factos sobre muitos dos filmes de terror que já conhecemos — mesmo que só de nome —. Eu sou fascinada por saber curiosidades e ler factos do que quer que seja, portanto, achei incrível que reunissem uma série deles sobre um tema mais... assustador. Não sabia de nenhum facto, e vocês?

A Therapist Answers Questions You're Too Afraid to Ask

É inegável: as visitas a psiquiatras ou psicólogos ainda são um estigma, um tabu e um motivo de vergonha, em Portugal. Embora em muitos países seja considerado algo tão natural como uma visita ao médico de família — e não só o aconselham como estranham se nunca tiverem ido a uma consulta ao psicólogo  por aqui ainda existe muito o receio de as pessoas serem observadas como "malucas", incompetentes ou incapazes. É um erro e um estigma que provoca vergonha em tocar sobre certos assuntos e resulta numa desinformação geral sobre inúmeros comportamentos e doenças mentais. Ninguém pergunta, todos assumem e as dúvidas ficam apenas na cabeça ou na barra de pesquisa do Google. Sinto que foi nesta onda — apesar de o vídeo não ser português — que o BuzzFeed criou este vídeo, onde uma psiquiatra responde a algumas das dúvidas mais comuns e que muitos têm receio ou vergonha de perguntar. Gostei muito de algumas respostas e acho que este vídeo pode fazer com que muitos dos meus leitores que se sintam como descrevi acima, consigam relaxar e observar este tema numa perspectiva mais leve e natural. Espero que consiga dar motivação a muitos dos que precisam ajuda mas têm muita vergonha de o assumir ou pedir.

5 comentários:

  1. Gostei imenso do último video que sugeris-te.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. O 3º vídeo foi muito bem concebido! É muito isto e é uma pena que estas condições de saúde não sejam tão abordadas o quanto deveriam ser. A maioria da população não tem noção daquilo que é realmente sofrer de um distúrbio alimentar, talvez também devido ao facto de se falar sempre no mesmo e muito superficialmente. São doenças muito escuras e isolam-nos muito apenas e só para um fim.
    Um beijinho,
    Carolina

    ResponderEliminar
  3. "Minha família sofreu também".... identifiquei-me tanto com as palavras da Luísa. Obrigada por partilhares este vídeo. Distúrbios alimentares devem ser falados assim, com leveza, seriedade e personalidade. As pessoas não fazem nem ideia do que vai nas mentes e como se vive com estes bichinhos.
    Referindo um pouco o último vídeo e conjugando-o com o assunto do 3°, não podia estar mais de acordo contigo: procurar ajuda ou consultar um especialista nestas áreas não é vergonha nenhuma, de todo e animou-me imenso na altura... ainda hoje ajuda. Não é vergonha.
    Assim como haver dias em que as lágrimas caem sem nos apercebermos. Como foi referido no vídeo, algo nos incomodava há muito tempo e nem nos aperceberamos. Além disso, quanto mais cedo aceitarmos, caso tivéssemos, que estamos deprimidos e precisamos de ajuda, mais "tolerável" se torna.
    Estes assuntos são delicados porque assim os fazemos e descrevemos, porém, quando os trazes desta forma tão simples para o teu cantinho, acredito que muita gente põe a coisa em perspectiva.

    P.S.- adorei o vídeo dos brinquedos. Que reacções genuínas e como as compreendo. É a minha cara sempre que desencanto os meus carros de corrida, os legos, as cartas, o dominó, os inúmeros puzzles, etc 😄

    ResponderEliminar
  4. Mais sugestões de vídeos excelentes :). O que eu me ri com o primeiro xD. Quanto aos outros, ainda não vi, mas parecem-me interessantes, principalmente o terceiro. Acredito que a Luísa tenha abordado o tema de forma leve e direta, como sempre faz em todos os seus vídeos.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  5. Tens aqui óptimas selecções. Gostei muito do vídeo da anorexia porque realmente é um assunto bastante sério.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)