quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

MUNDO || As nossas histórias


É extraordinário como somos protagonistas das nossas próprias histórias mas imediatamente o papel pode inverter-se nas histórias dos outros. Podemos ser inimigos na narrativa de outra pessoa. Talvez o amor platónico da história de alguém. Sem o desconfiarmos. Nós próprios criamos os nossos antagonistas e amores platónicos sem que essas pessoas o saibam.
Limitamo-nos a viver as nossas histórias, cruzando-nos no enredo uns dos outros e torcendo para que mereçamos uma linha, um parágrafo, talvez até um capítulo na história das pessoas que mais estimamos.
Nós somos apenas personagens principais nos nossos romances pessoais tentando, de alguma forma, tornarmo-nos co-protagonistas no romance das personagens que amamos.

9 comentários:

  1. não podia não concordar.
    Bem, verdade.
    Beijos, Cass

    ResponderEliminar
  2. Aqui estou eu *.*
    r: ainda me podes ajudar minha linda, se estiveres disponivel hoje :b

    ResponderEliminar
  3. adorei.. uma data de histórias interlaçadas

    ResponderEliminar
  4. É verdade, e já tinha pensado dessa forma :)

    ResponderEliminar
  5. cada um constrói o seu inicio, desenvolvimento e fim!

    ResponderEliminar
  6. Nem sei como descrever o sentido que estas palavras fizeram para mim :o É tão, mas tão verdade... Nós só podemos ditar a nossa própria história e rezar para que quem amamos, queira cruzar a sua história com a nossa!

    ResponderEliminar
  7. Já pensei niisso muitas vezes kkk

    ResponderEliminar
  8. E, querida Inn, tens já um grande capítulo na minha história, não fazes ideia, obrigada por todas as linhas que escreveste sem quereres e sem te aperceberes... foram as mais bonitas que poderias ter imaginado.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)